Caraça passa a exigir de visitantes vacina contra a febre amarela

O Complexo do Caraça recebe pessoas de cerca de 50 países todo ano

Com o aumento de casos de febre amarela na região, o Complexo Santuário do Caraça está exigindo dos visitantes a apresentação do cartão que comprove a vacina contra a doença há pelo menos 10 dias. No local, segundo nota de informativa divulgada pelo Santuário do Caraça, não foi identificado nenhum caso de febre amarela.

“O Santuário realizou em parceria com a Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária de Catas Altas, campanha de vacinação e divulgação de informações para os funcionários. A RPPN do caraça tem uma equipe treinada e orientada pelos órgãos competentes, fazendo o monitoramento diário das trilhas e dos primatas”, consta no texto informativo.

Vale ressaltar que uma pessoa morreu vítima da febre amarela nas cidades de Barão de Cocais e outra em Santa Bárbara. Os municípios são bem próximos do Santuário do Caraça. Também há uma morte de paciente infectado confirmada em Alvinópolis e outros dois casos (sem óbitos) em São Gonçalo e Rio Piracicaba.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui