Carga horária de PMs e condições de prisão serão discutidas

João Leite (deputado estadual PSDB/MG), Sargento Rodrigues (deputado estadual PDT/MG), Leonídio Bouças (deputado estadual PMDB/MG)

A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou, na manhã da última quarta-feira (7), requerimentos para realização de audiências públicas que tratam de vagas no sistema prisional, condições de trabalho de agentes penitenciários e policiais e atuação de forças de segurança.

Anúncios

A única reunião que deve ser realizada fora da ALMG será em Juiz de Fora (Zona da Mata), para discutir a implantação de uma Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) na cidade. Segundo os deputados Noraldino Júnior (SC) e Missionário Márcio Santiago (PR), que querem ouvir a população local, a instalação da unidade prisional está prevista para acontecer no Bairro Linhares.

Continue lendo após o anúncio

O efetivo e as condições de trabalho dos agentes penitenciários do Presídio de São Joaquim de Bicas 2, município da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), bem como as circunstâncias em que estão custodiados os internos, deve ser tema de outra audiência pública, solicitada pelo deputado Sargento Rodriges (PDT).

De acordo com o requerimento, a presidente da Associação de Amigos e Familiares de Pessoas Privadas de Liberdade, Maria Tereza dos Santos, relatou dificuldades em dias de visita na unidade. O presídio estaria com pelo menos 2.300 presos provisórios.

Outro pedido do deputado Sargento Rodrigues foi para discutir a carga horária dos policiais e bombeiros militares. O parlamentar afirma, no requerimento, que tem recebido mensagens de membros das corporações com denúncias de irregularidades nos cálculos das horas trabalhadas.

Por fim, o deputado Arnaldo Silva (PR) pediu reunião sobre a atuação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizad (Geaco), em Uberlândia (Triângulo Mineiro). Segundo o requerimento, o grupo estaria cometendo abusos em suas condutas.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui