Casos de dengue caem quase 70% em João Monlevade

Os casos de dengue em João Monlevade caíram 69,2% de 2017 para 2018, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira (26) pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.

Anúncios

No ano passado, nos dois primeiros meses foram 13 casos de dengue na cidade e, nesse ano, os infectados pela doença somam quatro pessoas. Os números da febre chikungunya e do zika vírus também tiveram queda. No ano passado foram registrados dois casos de chikungunya e um de zika. Em 2018, não há registros até o momento das doenças em João Monlevade.

Continue lendo após o anúncio

Em Minas Gerais, conforme a Secretaria de Estado de Saúde, sete pessoas podem ter morrido com dengue. No ano passado, foram 16 mortes pela doença, com mais de 27 mil pessoas infectadas. Os números de janeiro e fevereiro (parcial) deste ano somam 5.556 suspeitas da enfermidade, contra 9.084 dos dois primeiros meses de 2017.

A febre chikungunya, em 2018, somam 1.218 caso prováveis. No ano passado, foi o maior registro da doença no estado, com 16.116 pessoas sob suspeita, superando o número de notificações dos anos anteriores. Do total deste ano, 104 são gestantes e 57 foram confirmadas para chikungunya pelo critério laboratorial.

De acordo com o balanço, há 64 casos prováveis de zika virus em 2018, sendo 20 em gestantes e uma com confirmação laboratorial. Em 2017 foram registrados 736 pacientes com suspeita da doença, sendo 129 em gestantes, desse total 75 grávidas foram confirmadas para zika pelo critério laboratorial.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui