Casos de febre amarela na região beiram 40. Mortes são 12

Febre amarela deixa Itabira em alerta: cidade tem cinco mortes e população corre para se imunizar

Os casos de febre amarela em João Monlevade e cidades ao seu redor chegam a 39. Os dados foram divulgados na tarde desta terça-feira (6) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Os números apontam que a doença segue avançando e matando. Em Barão de Cocais são seis obtidos (8 casos confirmados). Segundo a SES, já foram confirmados cinco mortes em Itabira (4 casos confirmados) e em Santa Bárbara são três óbitos (8 casos confirmados).

Anúncios

João Monlevade, Rio Piracicaba e São Domingos do Prata aparecem nas estatísticas com um caso confirmado em cada. Em São Gonçalo o número de pacientes infectados chegam a quatro.

Continue lendo após o anúncio

Em Minas, do total de casos confirmados de febre amarela silvestre, 280 (87,5%) são do sexo masculino e 40 (12,5%) do sexo feminino. A letalidade por febre amarela em Minas Gerais no período de 2017/2018 é de aproximadamente 33,8%.

Vacinação

Em João Monlevade, equipes da Secretaria de Saúde começaram a vacinação de casa a casa contra a febre amarela. Nesta etapa, as ações, que buscam garantir que toda a população-alvo seja vacinada, acontecem até o próximo dia 16, nos seguintes bairros: Boa Vista, Cachoeirinha, Industrial, Tanquinho I, Tanquinho II, Estância Burian, Pedreira, Centro Industrial, Jacuí, Serra do Egito e Vila Tanque.

A Secretaria de Saúde informou, ainda, que os próximos dias 10 e 17, serão considerados “Dia D de vacinação”, seguindo orientação da Secretaria de Estado da Saúde, conforme relatório de monitoramento das ações estratégicas de combate à febre amarela no município.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui