CDL e Acimon manifestam apoio ao Sevor

Diretoria da Acimon recebeu membros do Sevor na manhã desta quinta-feira (Divulgação Sevor)

A Câmara de Dirigentes Lojistas de João Monlevade (CDL) e a Associação Comercial, Industrial e Prestação de Serviços de João Monlevade (Acimon) manifestaram apoio ao grupo do Serviço Voluntário de Resgate (Sevor). O apoio ocorre um dia após os socorristas serem impedidos de realizar atendimentos à vítimas de acidentes em rodovias devido a determinação de legislação estadual.

O presidente da CDL, Luiz Eugênio Oliveira Santos, em nota assinada escreveu que ” a CDL vem prestar todo o seu apoio e solidariedade a este grupo que atua em uma das rodocias mais perigosas do país (…) com histórico de mais de 15 mil socorros (…). Percebe-se a necessidade de incentivo e apoio para que o sistema de socorristas voluntários seja de fato reconhecido e valorizado, uma vez que estão defendendo a vida, o maior patrimônio de todos nós”.

O presidente do Sevor, Renato Carvalho, esteve reunido com o empresário Cássio Barros Evangelista, presidente da Acimon, na manhã desta quinta-feira. Na oportunidade também estiveram presentes o diretor Raimundo Vitor da Costa e o diretor Administrativo Iarlei Quintão Fraga, e o tesoureiro do Sevor Ronaldo do Espirito Santo.

A Associação declarou apoio aos grupos voluntários e imediatamente o presidente fez contato com presidente, da Federaminas, Emilio Cesar Paroline, o qual se prontificou em intermediar um diálogo com o governador mineiro Romeu Zema (Novo), declarando a importância dos grupos voluntários.

Mobilização

A partir das 18h desta quinta-feira, voluntários do Sevor sairão da sede da Câmara de Vereadores de João Monlevade em um ato para chamar atenção da população. A mobilização deve seguir até a CDL.

Leia também:

Idoso morre atropelado e moradores protestam fechando a 381

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui