Cemig afirma que eucaliptos e defeito em equipamentos provocaram piques de energia

Só na noite de ontem (8), a Cemig registrou 147 descargas atmosféricas em João Monlevade

Em nota enviada à imprensa na tarde desta sexta-feira (9), a Cemig informou que os piques de energia registrados em João Monlevade nos últimos dias  foram causados por eucaliptos que estavam tocando a linha de distribuição

Em relação à falta de fornecimento de energia elétrica na Estação de Tratamento de Água de João Monlevade (ETA), a Cemig afirmou que ocorreu um defeito no equipamento da rede elétrica do município. Segundo a empresa, os dois problemas foram sanados. Sem eletricidade na ETA, João Monlevade ficou abastecimento de água. (Leia aqui).

Ainda conforme a nota, somente na noite de ontem (8), foram registrados  147 descargas atmosféricas em João Monlevade.

Leia a nota na íntegra:

“A Cemig informa que os piques de energia que atingiram a cidade de João Monlevade foram causadas por eucaliptos que estavam tocando a linha de distribuição, responsável pelo fornecimento de energia do município. A Cemig realizou a poda dessas árvores no início dessa semana. Os piques de energia que atingiram a cidade no dia 07/03 foram causados por descargas atmosféricas que atingiram a mesma linha.

Sobre a falta de energia que atingiu o DAE da cidade na noite de ontem (08/03), por  volta de 18h, a empresa esclarece que um defeito no equipamento da rede elétrica do município  foi a causa do problema. Assim que identificaram a falha, profissionais da Cemig realizaram manobras operativas para que o problema fosse resolvido o mais rapidamente possível.  

A maior parte dos clientes afetados foram restabelecidos por volta de 20h. Devido à complexidade do problema e à tempestade com grande quantidade de raios, ( só na noite de ontem, a Cemig registrou 147 descargas atmosféricas no município) a normalização completa do sistema só foi possível perto das 10h de hoje (09/03).”

Publicidade

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta para Donisete Silva Cancelar resposta

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui