Centro Educacional de João Monlevade é homenageado pelos 50 anos de fundação

A diretora da escola, Carmen Starling Bergamini Grijó, agradeceu a Câmara pela homenagem concedida à Escola

O Legislativo monlevadense homenageou, na noite dessa quarta-feira, 25, com Moção de Aplausos à escola Centro Educacional de João Monlevade pelos 50 anos de fundação, completados em 6 de abril deste ano. A homenagem é de autoria do vereador Leles Pontes (PRB) e teve a aprovação de todos os parlamentares.

A diretora da escola, Carmen Starling Bergamini Grijó, agradeceu a Câmara pela homenagem concedida à Escola. Ela contou os desafios desde que assumiu a direção da instituição, que foi no início da pandemia. Carmem relatou também o apoio que a escola recebe da Administração Municipal, e o empenho dos profissionais. “Para a gente manter e continuar com a qualidade do ensino com uma visão de futuro contamos com a dedicação de todos os profissionais, além do apoio que sempre nos é dado pela Secretaria de Educação”.

A Secretária Municipal de Educação, Maria do Sagrado, falou da alegria em poder participar da homenagem ao CEJM. Ela lembrou que já passaram pela escola cerca de 30 mil alunos. “Foram dezenas de gerações que estudaram no Centro Educacional. Muitas pessoas que estudaram na escola, se formaram e hoje são profissionais que contribuem para a construção e o desenvolvimento da nossa cidade. Parabenizo a todos os servidores e alunos que passaram e que continuam fazendo a história desta instituição”.

Em discurso, Leles Pontes agradeceu oas vereadores pela aprovação unânime da homenagem. Ele também falou da alegria em ter sido o autor da honraria. “O Centro Educacional é motivo de orgulho para todos nós monlevadenses. Uma escola no coração da cidade e que faz parte da história do município.”

O presidente da Casa, Gustavo Maciel (Podemos), destacou que estudou na escola e que possui boas lembranças daquele período. Maciel ainda ressaltou o ensino de qualidade oferecido pela instituição. “O Centro Educacional sempre foi referência na qualidade do ensino entre as escolas públicas da nossa cidade. Isto se deve graças aos professores que se empenham e se dedicam a cada dia para oferecer o melhor aos alunos”, disse.

Maciel ainda informou que a Câmara já está programando uma edição do projeto Cidadão Legal e que provavelmente deverá ser realizado no Centro Educacional, como parte das comemorações pelo aniversário da instituição.

História do CEJM

O Centro Educacional de João Monlevade foi idealizado no mandato do terceiro prefeito eleito do município, Antônio Gonçalves. Por meio da Lei Municipal 260 de 12 de fevereiro de 1971, a instituição teve sua criação legitimada, iniciando-se o processo de construção da escola. A escola está instalada na Avenida Wilson Alvarenga, bairro Carneirinhos. A instituição abriu suas portas em 06 de abril de 1972, inaugurando uma construção moderna e bem projetada fisicamente.

Nestes 50 anos de existência, já foram participantes do colégio cerca de 30 mil alunos, distribuídos entre o Ensino Fundamental e Médio, cursos profissionalizantes Secretariado e Magistério e Educação de Jovens e Adultos; além de um grande número de professores, funcionários e vários diretores.

A escola possui um anfiteatro que é palco para diversas manifestações artísticas e culturais dos mais distintos segmentos e instituições da sociedade.

Durante toda essa jornada, a escola sempre contou com a colaboração da equipe, família e comunidade escolar, parceria que consolidou, nesses 50 anos de existência, os objetivos idealizados na sua construção e que permeiam os novos tempos.

Atualmente, a escola possui 89 funcionários, entre eles professores, equipe pedagógica e administrativa e um total de 780 alunos.

Em relação à equipe gestora, ela é composta pela ex-aluna, professora e diretora Drª Carmen Starling Bergamini Grijó, vice-diretora Prof. Tâmara Grasiela Lima Coelho e auxiliar de direção o Prof. Agnaldo Marcos dos Santos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui