Cerca de 150 cães e gatos são esterilizados em João Monlevade

O castramóvel ficou em João Monlevade por três dias

Na última semana, cerca de 150 animais – entre cães e gatos – foram esterilizados em João Monlevade por intermédio de ação da Associação Cãopanhia do Bem (Monlevade) e pela Aliança Juizforana de Defesa e Proteção Animal (ONG Ajuda), que trouxeram à cidade o projeto Castramóvel.

A iniciativa, que contou com o apoio dos deputados estadual Tito Torres (PSDB) e Noraldino Junior (PSC), ocorreu no Ginásio Li Guerra. Passaram pelo procedimento animais do Canil Municipal, de rua e de pessoas cuja renda não permitiria uma castração particular e estavam vulneráveis a reprodução.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

Os benefícios do programa de castração são muitos, uma vez que a iniciativa vai contribuir para reduzir o número de animais abandonados, o que é fundamental para evitar zoonoses.

Além disso, é esperado que com a castração haja menos abandono e menos transmissão de doenças, tanto de um animal para outro quando as zoonoses, transmitidas de animais para pessoas. A castração também é de suma importância para controlar a natalidade dos animais e para administrar a saúde pública com menor custo e maior eficiência.
Entre as doenças que podem ser transmitidas de animais para humanos estão a raiva (doença incurável para animais e pessoas), leshimaniose e esporotricose, esta última no caso dos gatos.

Mais

O castramóvel é um veículo adaptado para realizar cirurgias de castração em animais, projeto idealizado pelo deputado estadual Noraldinho Júnior, um dos entusiastas da ONG “Aliança Juiz-forana pela Defesa dos Animais (Ajuda).

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui