As mudanças no trânsito de João Monlevade foram apresentadas aos vereadores da Câmara Municipal durante reunião na sede do Executivo. O prefeito Dr. Laércio Ribeiro (PT), o vice-prefeito, Fabrício Lopes (Avante) e o chefe do Setor de Trânsito e Transporte (Settran), José Jaime Figueiredo, recepcionaram os edis. Contudo, mais que conhecerem as alterações, os vereadores cobraram algumas melhorias, em especial no que diz respeito à infraestrutura e à mobilidade urbana no município.

Durante a explanação sobre as mudanças, o chefe do Settran justificou que o foco é reduzir o fluxo de trânsito, em especial na avenida Getúlio Vargas. Para tanto, muitas ações implantadas pelo governo da ex-prefeita Simone Moreira serão revogadas. A inversão de fluxo na Praça do Lindinho foi um dos pontos destacados. Ainda assim, a atual Administração informou que um projeto de trânsito mais amplo será trabalhado a longo prazo e que as medidas adotadas são pontuais.

Os vereadores presentes parabenizaram a Prefeitura pelas mudanças. No entanto, cobraram de forma significativa outras melhorias conjuntas. O presidente da Câmara, Gustavo Maciel (Podemos), pediu a inclusão de ciclovias e ciclofaixas, em atenção aos ciclistas, um público cada vez mais crescente. Já Bruno Cabeção (Avante) destacou a grande quantidade de quebra-molas nas ruas e avenidas do município, por vezes sem padrão, e solicitou a reavaliação da necessidade desta estrutura. Outro que apresentou sugestão foi Gustavo Prandini (PTB). Ele, que já foi prefeito de Monlevade, pediu atenção à Linha Azul, projeto implantado por ele e que tem como objetivo reduzir o fluxo de veículos na área central.

O asfaltamento das vias também foi alvo de cobrança dos vereadores. Marquinho Dornelas (PDT) enfatizou a necessidade se fazer mais que mudar o trânsito. Segundo ele, é preciso investir na limpeza das galerias, e reavaliar o asfaltamento de ruas e avenidas adjacentes ao centro. “É uma tragédia anunciada. Não podemos taxar como ‘acidente’ as enchentes que sempre ocorrem na cidade”, opinou. Já Pastor Lieberth (DEM) pediu uma visão por parte da Prefeitura que vá além da área central. “Precisamos encontrar uma solução para a rua 2, que liga as avenidas Isaac Cassimiro e Armando Fajardo”, pediu ele. O vereador Rael Alves (PSDB) foi outro vereador que pediu atenção a uma área além do centro comercial. Segundo ele, motoristas de caminhão e carretas reclamam da rotatória no bairro Santa Bárbara, localizada perto de um posto de gasolina. Ele solicitou ao Settran um estudo do que pode ser feito no local.

Investimento e diálogo

Fernando Linhares (DEM), que já havia se reunido com José Jaime para discutir algumas das melhorias propostas, parabenizou a Prefeitura pela preocupação em investir para modernizar o trânsito da cidade. Thiago Titó (PDT) também parabenizou as mudanças a serem implantadas pelo Executivo, e cobrou o mesmo diálogo e transparência nas demais ações da Prefeitura. Sobre esta questão, Belmar Diniz (PT), que é o líder do Governo na Câmara Municipal, pediu que o convite ao diálogo seja uma constante por parte da Prefeitura. O mesmo destacou a vereadora Andrea Peixoto (PTB). Segundo ela, é preciso respeito e harmonia entre os poderes constituídos, para um trabalho em conjunto em prol de Monlevade. Importante destacar que os vereadores Tonhão (Cidadania), Doró da Saúde (PSD) e Dr. Presunto (PDT) também estiveram na reunião.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui