Cidades da região investigam casos suspeitos de sarampo

Recursos serão destinados para a pólio e o sarampo (Foto:Tomaz Silva/Agência Brasil)

As cidades de Alvinópolis e Barão de Cocais investigam, cada uma, um caso suspeito de sarampo. A informação consta em boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), que aponta que outros 68 casos no estado também seguem em investigação. São esperados resultados de exames da Fundação Ezequiel Dias (Funed) para conferir a situação dos casos ainda em análise. Até o momento, não há casos confirmados da doença em Minas Gerais.

No total, 339 casos suspeitos foram notificados, com 269 já descartados, um deles na cidade de Itabira.

Em comparação ao último levantamento, houve um aumento de 58 casos suspeitos. Segundo a SES/MG, isso acontece porque houve uma “maior sensibilização da população e também dos profissionais de saúde, a partir dos atendimentos dos casos suspeitos”.

As amostras ainda em análise se concentram, majoritariamente, na população entre seis meses e 1 ano e entre 5 e 19 anos.

Em Minas Gerais, a meta mínima recomendada para a Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo e rubéola foi alcançada, apresentando Cobertura Vacinal de 97,44%, com um total de 1.001.012 doses aplicadas.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui