Clientes da Cemig de João Monlevade e região passam a receber conta no ato da leitura

Moradores terão que permitir entrada de funcionário ou enviar a leitura para a empresa

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) começou, na última sexta-feira, 1º de julho, a implantar em Itabira, João Monlevade, Barão de Cocais, Guanhães, Nova Era, Sabinópolis, Santa Bárbara e Serro o processo de faturamento imediato, em que a leitura dos medidores e a entrega das contas de energia são feitos simultaneamente. Com o novo sistema, clientes da região vão poder conferir o valor da fatura no momento da emissão, além de ter o prazo entre a apresentação e o vencimento da conta ampliado.

O objetivo da implantação é tornar sistema muito mais ágil e transparente para o cliente, já que evita o extravio da conta e o consumidor pode acompanhar todo o processo de perto. A Leitura e Impressão Simultânea (LIS) também tornou o processo de faturamento muito mais eficiente. Só entre o ano de 2012 e 2015, a concessionária reduziu o custo do processo em 17,65%.

De acordo com a Cemig, esses ganhos de produtividade trazem um impacto positivo no momento da revisão tarifária, podendo resultar em um reajuste menor da tarifa de energia.

Até setembro, outras 37 cidades da região terão o processo de faturamento imediato implantado. A Leitura e Impressão Simultânea já chegou a cerca de 70% dos clientes urbanos da Cemig em todo o estado. Só no Leste de Minas, aproximadamente 1 milhão de consumidores receberão suas contas no momento da leitura, até setembro.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui