Crédito: Avel Chuklanov via Unsplash

Com a necessidade de fazer home office nos últimos dois anos, muita gente passou a trabalhar com o notebook, porém, nem sempre o equipamento é o mais indicado para esse fim. Afinal, independente da área de trabalho, existem algumas funções e características essenciais que vão permitir uma melhor performance durante a execução das atividades do dia a dia.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

Portanto, se você está pensando em trocar seu aparelho, além de procurar um notebook em promoção, é importante pesquisar aqueles que têm as melhores configurações para suas necessidades de trabalho.

Quem utiliza o notebook para fins profissionais deve se atentar principalmente para as configurações de processamento e memória RAM, já que são itens que vão permitir que o equipamento seja rápido e rode softwares pesados que podem ser necessários para o cotidiano.

Para trabalhos que exigem um alto desempenho, vale a pena investir em processadores Core i5 ou i7, da Intel, que atendem bem qualquer tarefa. Assim como memória RAM mínima de 8GB, o que vai permitir uma rodagem sem grandes bugs.

O tamanho da tela também deve ser levado em consideração. Caso o trabalho envolva edição de foto ou vídeo, por exemplo, o ideal é que opte por equipamentos com tela de pelo menos 15’. Mas, se a estação de trabalho for pequena, os de 13’ ou 14’ são compactos e podem ser a melhor opção.

O teclado é outro fator que pesa bastante na hora de comprar um notebook de trabalho, principalmente para quem trabalha com texto. Além de oferecer uma digitação confortável, vale checar a configuração do teclado, afinal, alguns deles seguem o padrão internacional, o que pode dificultar a rotina de utilização – em relação a acentos e símbolos, entre outros detalhes.

Para o trabalho, a bateria dos notebooks também é assunto relevante. Principalmente para quem vai usar o equipamento em modo portátil, levando-o em reuniões ou trabalhar em locais públicos, como aeroportos. Hoje, existem algumas versões com duração de 8 a 12 horas de autonomia de bateria, que, mesmo com uma margem de erro em condições normais de uso, vai garantir um período suficiente de trabalho antes de exigir o carregamento.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui