A polícia identificou o corpo da vítima no final da noite de ontem (31)

A mulher encontrada morta na manhã da última terça-feira (30), em uma plantação de eucaliptos na localidade de Morro do Chapéu, Zona Rural de Itabira, era uma morada de João Monlevade. Ela foi identificada no final da noite de ontem (31) como Daniela Mara de Lima, 25.

(Matéria relacionada)

A identificação foi feita somente durante os trabalhos de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de Itabira, uma vez que na cena do crime não foi encontrado nenhum documento da vítima. Daniela Mara foi executada com um tiro na cabeça.

Na manhã desta quinta-feira (1º ) o corpo da vítima foi trazido para João Monlevade, onde foi velado e depois seguiu para a cidade de Betim/MG, onde será sepultado no final da tarde.

A polícia também trabalha na identificação do corpo do homem encontrado na Zona Rural da cidade de Dionísio, na manhã de terça-feira (31), também executado com um tiro na cabeça. A suspeita é que os dois crimes estejam relacionados.

A Polícia Civil de Itabira e de João Monlevade investigam os casos mas, para não atrapalhar as investigações, não revelaram detalhes. Aguarde mais detalhes.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui