A Polícia Militar de Nova Era localizou por volta das 12h de ontem (14), o corpo já em estado avançado de decomposição de uma mulher, boiando no Rio Piracicaba que passa pelo Bairro CDI. A polícia acredita que o corpo seja de uma mulher desaparecida na cidade desde o dia 08 de outubro.

Foi realizada perícia no local sem, no entanto, ser possível identificar a vítima ou se haveria sinais de violência em decorrência do avançado estado de decomposição. Com isso o corpo foi encaminhado para o IML de João Monlevade para realização de necropsia.

Ainda segundo a Polícia Militar no decorrer da semana já havia recebido e registrado denúncias da possível autoria do fato envolvendo a mulher desaparecida, identificada apenas como “Luzia Candeia”, e que os autores seriam dois homens, de 21 e 23 anos, e um adolescente de 17.

Foi realizado intenso rastreamento à procura dos suspeitos na época, mas eles não foram localizados.

Na tarde de ontem um dos suspeitos, o homem de 23 anos, foi localizado e, segundo a polícia, teria assumido um desentendimento com a vítima e que por isso a teria matado. Disse que após o crime teria se encontrado com os outros dois suspeitos, e um deles teria sugerido jogar o corpo da mulher no rio. Os três então colocaram o corpo da vítima no porta malas de um veículo VW/Gol e depois o jogaram da ponte de ferro que dá acesso a uma fazenda.

Ou outros dois suspeitos também foram localizados e o menor teria assumido a participação no crime, mas o outro homem negou ter participado do crime e que apenas emprestou o carro e que percebeu que o suspeito, de 23 anos, usava uma blusa branca que estava suja de terra e sangue quando foi devolver o veículo.

Os três foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de João Monlevade, juntamente com a camisa que o suspeito usava no dia do crime.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui