Corrida aos postos não garante abastecimento para população em Monlevade

Longa fila se formou no posto de Longana. Abastecimento é prioridade para carros que prestam serviços essenciais

Na manhã terça-feira (29), muitos postos de combustíveis de João Monlevade amanheceram com longas filas de carros. No Longana, por exemplo, motoristas em busca de abastecimento passaram de cem.

Anúncios

No entanto, as filas não garantem atendimento. Isso porque, o combustível será priorizado para carros oficiais e de serviços essenciais na cidade. A informação é do comandante da Polícia Militar de João Monlevade, Tenente-Coronel Fábio Barcelos de Barros, que alertou a população que viaturas das polícias Militar e Civil, do presídio, ambulâncias, coleta de lixo, carros do DAE e que entregam insumos no Hospital Margarida, além dos que fazem manutenção pela cidade e da Defesa Civil têm prioridades em detrimento aos demais carros.

Continue lendo após o anúncio

“Recebemos um ofício da Prefeitura solicitando escolta policial para duas carretas de combustíveis para esses serviços. As carretas estavam devidamente sinalizada com adesivos e não houve qualquer problema para fazer o carregamento, na Refinaria Gabriel Passos, em Betim e o transporte do veículo até João Monlevade. Recebemos vários pedidos de outros postos da cidade para fazer a escolta, mas a PM não tem autorização para acompanhar as carretas de postos particulares”, lembrou o oficial.

Ainda segundo Fábio Barcelos, o posto Longana é o posto oficial para abastecimento – devido ter vencido licitação municipal e estadual.

 

Saiba mais:

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui