Os marginais chegaram e renderam o vigia, em seguida roubaram estudantes e funcionários

Alunos, professores e funcionários de outras prefeituras do Estado, que participam dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG), que estão alojados na Escola Estadual Jenny Faria, no Bairro Carnerinhos em João Monlevade, foram assaltados dentro da escola, por volta das 22h dessa terça-feira (21).

Segundo o vigia, estava no interior da escola quando três elementos desconhecidos chegaram e anunciaram o assalto, determinando que todos entregassem os celulares.

O vigia contou que correu para acionar a Polícia Militar, mas foi alcançado pelo marginal que portava o revólver. A vítima chegou a ser agredida com um soco nas costas. O criminoso tomou dele as chaves do portão, para impedir que alguém deixasse o local.

Uma aluna de 12 anos de idade ficou sob a mira da arma de fogo e entrou em estado de choque. Ela teve de ser conduzida ao Hospital Margarida, e após ser medicada, foi liberada.

Das cinco vítimas que estavam no local, foram roubados 04 telefones celulares.

Segundo as vítimas um dos autores era um alto, moreno, bigode ralo, usando touca, jaqueta e calça escura, aparentando idade entre 25 anos. Ele era quem portava a arma de fogo. O segundo elemento era de cor clara, estatura mediana, magro, trajando moletom azul e o terceiro só sabendo informar que era pardo e baixo.

As vítimas não souberam informar a rota de fuga dos autores.

De acordo com a polícia, foi realizado rastreamento, mas nenhum suspeito foi preso.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui