CTI para Covid-19 do Hospital Margarida continua com superlotação

Situação continua crítica na casa de saúde

Em novo relatório emitido na manhã desta quarta-feira (14), pela direção do Hospital Margarida, sobre a situação da taxa de ocupação  dos leitos do Centro de Terapia Intensiva (CTI) e da enfermaria, destinados exclusivamente para tratamento de pacientes com a Covid-19,mostra que a situação continua preocupante.

No CTI a taxa de ocupação é de 112%, ou seja, 28 pacientes neste setor, 21 deles monlevadenses e 07 de outros municípios da região. Deste total, oito diagnosticados com a Covid-19 e 20 aguardando resultados de exames.

Na enfermaria a taxa de ocupação, pela manhã, era de 59%. São 16 pessoas internadas, sendo 15 de João Monlevade e um de outra cidade. Do total um positivo para coronavírus e os demais ainda aguardam resultados de exames.

Vale ressaltar que o CTI possui 25 leitos para tratamento de pessoas com a Covid-19 e a enfermaria 27 leitos.

No ambulatório especial, setor isolando para o primeiro atendimento aos casos suspeitos, estava com três pessoas às 08h45, quando o boletim foi emitido na manhã de hoje.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui