Cuidados diários ajudam na proteção contra o coronavírus

Em conjunto com o uso da máscara, pequenas ações que adotamos dentro e fora de casa são essenciais para diminuir a transmissão do vírus

Em conjunto com o uso da máscara, pequenas ações que adotamos dentro e fora de casa são essenciais para diminuir a transmissão do vírus. Foto: Stock

Após mais de um ano de pandemia ainda existem algumas dúvidas em relação aos procedimentos que devem ser seguidos para a proteção contra o coronavírus dentro de casa. É realmente necessário higienizar as embalagens do mercado? E trocar de roupa ou tomar banho assim que chegar? É preciso retirar os sapatos antes de entrar em casa?

A resposta é “sim”. O passar do tempo pode ter feito as pessoas se sentirem mais seguras, o que abre brecha para possíveis descuidos. Contudo, o surgimento de novas variantes e a permanência do alto número de contágio e de mortes por coronavírus alerta que ainda não é o momento de se tranquilizar. Prevenir é sempre melhor do que remediar.

A primeira coisa a se fazer é, sem dúvidas, levar um frasco de álcool em gel para onde for. Assim, ao chegar em casa, antes de tocar em qualquer superfície, será possível higienizar as mãos. Posteriormente, lave as mãos com água e sabão durante 20 a 30 segundos, para garantir uma limpeza completa.

O coronavírus é transmitido pelo ar, mas a contaminação por superfícies também é um grande risco. Por isso, além da higienização constante de mesas, balcões e maçanetas, é preciso ter cuidado com qualquer coisa que venha do ambiente externo para o interno. Ou seja, roupas, tênis, bolsas ou outros objetos e produtos devem ser limpos.

Não é necessário tirar a roupa do corpo e jogá-la diretamente na máquina de lavar. Elas podem ser reservadas em um cesto de roupas sujas, até que haja uma quantidade suficiente para serem lavadas. O importante é retirar assim que chegar e, em hipótese alguma, reutilizar. Sapatos, bolsas e demais objetos podem ser higienizados com álcool 70%.

Outro fator que também merece atenção, mas muitos acabam esquecendo, são as roupas de cama e toalhas. Por serem itens que utilizamos todos os dias e que estão em contato direto com nossa pele, eles precisam ser higienizados e trocados com uma frequência maior do que a de costume.

Por último, mas não menos importante, temos os cuidados com os alimentos. Ainda é incerto o período em que as embalagens podem permanecer contaminadas. Por isso, elas devem ser lavadas com água e sabão ou álcool 70%. Para verduras, legumes e frutas, a higienização é ainda mais fundamental e deve ser feita em uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água. Mergulhe os alimentos por 15 minutos e finalize passando-os na água corrente.

Apesar desses cuidados, que fazem a diferença e devem ser incluídos no dia a dia, a melhor maneira de se proteger, especialmente quando não for possível realizar o isolamento social, é usando uma boa máscara de maneira constante, especialmente quando o local estiver com muitas pessoas. Entre os modelos que podem ser usados estão as máscaras de tecido, as máscaras cirúrgicas e os respiradores PFF2.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui