A agência de viagens CVC enviou uma nota para O Popular, dando seu posicionamento sobre o caso dos 33 passageiros monlevandeses e outros 23 de Mar de Espanha/MG, que também tiveram seus pacotes de viagens cancelados na última sexta-feira (26).

A empresa alega que o problema foi causado pela agente de João Monlevade.

Confira o que diz a CVC. Nota na íntegra.

“A CVC Brasil esclarece que foi identificada uma fraude cometida pela referida agente de viagem, com uso indevido de dados e documentos, e que já  está tomando as medidas judiciais cabíveis. A CVC Brasil esclarece ainda que é uma empresa idônea, séria e com 47 anos de tradição no mercado.”

Relembre o caso:  Viagem a Porto de Galinhas vira caso de polícia em João Monlevade

Publicidade

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui