Jhulia Costa tem só 18 anos. Estuda Publicidade e começou um estágio, mas já está endividada. Não conseguiu pagar a fatura do cartão de crédito no dia.

Dos 63 milhões de brasileiros endividados 25% são jovens. São 16 milhões de pessoas na faixa dos 18 aos 30 anos começando a vida já com contas em atraso e negativadas.

E mais: a metade dos jovens da geração Z, de 18 a 25 anos, não realiza um controle das finanças. As justificativas para isso vão de não saber fazer, preguiça, à falta de hábito.

Os dados do SPC Brasil revelam um endividamento recorde dos mais jovens, como explica Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.

Para ajudar a evitar dívidas existem várias estratégias. Um serviço por aplicativo, inédito no Brasil, antecipa o salário dos dias trabalhados, mediante acordo prévio com a empresa. O valor cai direto na conta do usuário.  Não há cobrança de juros, apenas uma tarifa de R$9 para receber antes qualquer valor. Empresas desse tipo são comuns nos Estados Unidos e agora estão chegando ao Brasil. Uma delas é a Xerpay. O americano John Delaney é o COO da Startup em São Paulo.

Quando o assunto é evitar o endividamento, cada um tem um jeito. Vitor Freitas, estudante de marketing de 18 anos, aposta em manter uma boa disciplina financeira.

O SPC Brasil recomenda ainda, para quem tem dívida, que o melhor caminho é renegociar antes que ela aumente mais.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui