O funcionário Jorge das Graças, que trabalha no local há 28 anos, esteve com Simone sobre o novo dique construído para represar as águas do rio Santa Bárbara

O Departamento de Águas e Esgotos (DAE) de João Monlevade reconstruiu a barragem na Estação de Captação de Água na localidade de Pacas, uma obra para o aumento da captação das águas do rio Santa Bárbara, objetivando-se melhorar o abastecimento na cidade. Segundo a autarquia, a medida vai garantir a vazão máxima de captação, que é de 290 l/s. “Esse é o limite autorizado pelo Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM)”, disse Cléres Roberto de Souza, diretor do DAE.

Ele comentou que a obra foi determinada como prioridade pela prefeita Simone Carvalho Moreira (PSDB), para garantir a segurança do abastecimento de João Monlevade por vários anos. Cléres disse ainda que outro objetivo dos trabalhos é garantir a segurança do abastecimento da cidade, já que, no período de estiagem, o nível do rio estava baixando muito, sendo que, em períodos muito secos, a vazão chega a 258 l/s, considerada muito baixa para a cidade.

O dique antigo foi construído na década de 1980 e já estava deteriorado, perdeu altura, estava com vários pontos de perda por vazamento, prejudicando o represamento, o que fazia cair a pressão de entrada na bomba de captação, pois diminuía a altura da coluna de água no leito do rio.

A obra foi executada através de gabião, feito com pedras de mão e telas galvanizadas de uma margem à outra do rio. A empresa ganhadora da licitação foi a Construtora Esperança.

A prefeita Simone Carvalho Moreira (PSDB) visitou o local, bem como a Estação de Captação de Água do DAE, e elogiou o trabalho realizado.

Acompanhada pelos funcionários Antônio Morais Neto e Jorge das Graças Moreira, Simone esteve visitando o setor de captação do DAE

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui