DEER/MG reforça combate ao Aedes Aegypti nos canteiros de obras

Departamento distribui para as construtoras que executam obras para o Estado uma cartilha com orientações para evitar a proliferação do mosquito (Mário Chrispim)

 

Para evitar que os canteiros de obras sejam focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti, o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DEER/MG) está realizando ações para orientar sobre procedimentos que evitem o acúmulo de água parada – principal criadouro para as larvas do mosquito transmissor das doenças dengue, zika e chikungunya.

Pelo segundo ano consecutivo, o DEER/MG desenvolveu uma cartilha virtual com orientações para evitar as doenças nos canteiros de obras e enviou para as construtoras que executam obras para o Governo de Minas Gerais. As empresas foram convidadas para participar da luta contra a proliferação do mosquito transmissor de doenças.

O material replica as orientações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e lista os principais locais de proliferação do Aedes aegypti. Carrinhos de mão, betoneiras, lajes, tonéis e fossos de elevador, calhas, capacetes, tubos de PVC, baldes, latas, embalagens são espaços que podem armazenar água parada.

Além do contato com as empresas contratadas, o DEER/MG vem acompanhando as ações de esclarecimento e sensibilização dos operários nos canteiros de obras.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui