Conforme boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG) nesta segunda-feira (13), sete pessoas morreram no estado em decorrência da dengue. Outros nove óbitos ainda são investigados no estado.

 

Em relação à febre chikungunya, Minas Gerais já alcançou 10.482 casos neste ano, o que representa mais de 50% do total do ano passado, quando foram apontadas 16.323 ocorrências. Até o momento, foi confirmada uma morte por chikungunya no município de Coronel Fabriciano. Quanto ao zika vírus, a Secretaria Estado de Saúde computou 177 casos prováveis, sendo 44 gestantes.

Em João Monlevade, segundo os dados da SES/MG, são sete casos confirmados de dengue e dois de febre chikungunya. Não há infectados por zika, nesse ano, na cidade.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui