Detento é preso pela PRF usando papel alumínio na tornozeleira eletrônica

O homem, que tem quatro passagens por homicídio, disse que voltava da capital onde foi buscar uma namorada

A Polícia Rodoviária Federal prendeu um detento que colocou papel alumínio na tornozeleira para burlar o monitoramento eletrônico. A ação ocorreu na madrugada desta terça-feira, 2, na BR 116 em Pelotas.

Em uma ação com a participação do serviço de inteligência, Policiais Rodoviários Federais abordaram um Polo com placas de Canoas que transitava em direção ao sul do estado. O motorista, 37 anos, de Pelotas, viajava com uma mulher de 22.

Durante a consulta os policiais verificaram que o homem tinha mais de 20 ocorrências em sua ficha policial, por crimes como homicídio, tráfico de drogas, receptação, roubo, furto, porte ilegal de arma, dano e falsificação. Além disso, ele deveria estar cumprindo prisão domiciliar mediante monitoramento eletrônico.

Na revista, foi verificado que a tornozeleira que ele usava estava coberta por papel alumínio para impedir o funcionamento. O criminoso disse que havia só ido a Canoas buscar a namorada.

Ele foi preso e conduzido ao presídio de Pelotas, onde ficará à disposição da justiça.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui