Dezessete morrem por febre amarela em cidades vizinhas a Monlevade

Dezessete pessoas morreram em decorrência de febre amarela em cidades vizinhas a João Monlevade. Os dados foram divulgados na tarde desta terça-feira (13) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). As mortes foram registradas nas cidades de: Barão de Cocais (8), Ferros (1), Itabira (5) e Santa Bárbara (3).

Anúncios

Já os casos de pacientes infectados com a doença somam 44 ao todo (incluindo os óbitos). João Monlevade apresenta um caso confirmado, assim como Bom Jesus do Amparo, Rio Piracicaba e São Domingos do Prata. Já em São Gonçalo do Rio Abaixo, o número chega a quatro. Além das mortes, Barão de Cocais tem mais sete casos da doença, Itabira quatro e Santa Bárbara oito.

Continue lendo após o anúncio

Desde o início do 2º período de monitoramento da Febre Amarela (julho/2017 a junho/2018), foram confirmados 365 casos da doença em Minas Gerais. Destes casos, 133 evoluíram para óbito e outros 630 casos continuam em investigação.

Do total de casos confirmados de febre amarela silvestre, 318 (87,1%) são do sexo masculino e 47 (12,9%) do sexo feminino. Dentre os óbitos, sete foram do sexo feminino, representando 5,3% do total de óbitos confirmados. Todos os casos foram confirmados laboratorialmente.

A mediana de idade dos casos confirmados é de 48 anos e a letalidade por febre amarela em Minas Gerais no período de 2017/2018 é de aproximadamente 36,4%.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui