Dívida de tráfico seria motivo para furto em escola. Objetos são achados em túmulo

Objetos furtados em escola estavam escondidos no cemitério. Prejuízo chega a R$ 70 mil

Na noite da última segunda-feira (15), duas pessoas foram presas e parte dos objetos furtados da Escola Estadual Trajano Procópio de Alvarenga Silva Monteiro, em Itabira, foram recuperados pela Polícia Militar. Os equipamentos estavam escondidos num túmulo do cemitério da Paz, que fica ao lado da escola.

Anúncios

Segundo os militares, uma denúncia de tráfico de drogas levou a corporação à casa de Alexandre Herbert Costa Silva, de 18 anos, onde foram encontrados equipamentos eletrônicos e uma quantia em moedas, o que gerou suspeita nos policiais.

Continue lendo após o anúncio

Questionado sobre uma possível participação no furto à escoal, o jovem confessou que foi um dos responsáveis pela ação, motivada por uma dívida com traficantes da região. Outros homens, segundo ele, participaram do saqueamento. Um deles, Victor Cristian Moreira Meireles, de 20 anos, que também foi detido pelos militares. Ainda há outro suspeito foragido.

Cerca de R$104 em dinheiro foram recuperados pelos militares, além de duas caixas de som, um microfone, um pen drive, dois roteadores, cinco câmeras digitais, dois HD externos, quatro retroprojetores, dois aparelhos de som, além de cabos e equipamentos para computadores e brinquedos. O prejuízo é de aproximadamente R$ 70 mil.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui