Mais dois detentos dos seis que fugiram do presídio da cidade de Barão de Cocais foram recapturados. Os foragidos, identificados como Wallace Valadares Júnior, 18 anos e Rogério Gonçalves, 27 anos, estavam num carro, de carona, quando foram abordados por uma equipe da Polícia Rodoviária Estadual (PRV), quando passavam pelo bairro Chapada, em Itabira, na madrugada desta segunda-feira, 1° de janeiro de 2018.

A prisão dos homens aconteceu numa operação preventiva. Os policiais constataram que o carro em que eles estavam, um Fiat Palio com placas de Santa Bárbara, estava com cinco ocupantes. Quando o motorista parou o veículo, ele informou que um dos passageiros era seu parente e os outros dois estavam pedindo carona numa estrada de terra. Como um deles tinha o pé machucado, resolveu ajudar a dupla.

Ao checar as fotos dos foragidos, os policiais constataram que os dois passageiros integravam o bando que escapou da penitenciária. Na fuga, Wallace quebrou o tornozelo direito e uma das vértebras da coluna. Já Rogério Gonçalves fraturou o calcanhar direito e vai permanecer internado. Com ele foi apreendido um celular e cerca de R$ 160,00.

Os detentos recapturados relataram que ambos estavam na cela sete e o que motivou a fuga seria agressões constantes por parte dos agentes penitenciários e más condições da penitenciária. A dupla contou ainda que aproveitou para fugir no momento da virada do ano, quando os agentes se dispersaram. Depois de serraram as grades da cela, eles permaneceram no pátio por cerca de três horas e depois subiram no telhado, de onde fugiram.

No momento da fuga, ao caírem no chão, machucaram. Antes de pedirem carona na estrada, os dois foram até a casa de Rogério, que fica em Barão de Cocais, trocaram de roupa, pegaram o dinheiro e o celular. A intenção deles era chegar até a casa de parentes em Itabira, onde procurariam atendimento médico.

Dos seis foragidos, apenas dois não foram recapturados. O presídio tem capacidade para 65 homens, mas, estava abrigando mais de 200. A Polícia Militar está trabalhando para encontrar os outros dois presos, que ainda não foram capturados.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui