PMMG/DivulgaçãoUm homem e uma mulher de 23 anos foram detidos pela polícia por divulgarem informações sobre uma blitz da PM pelo WhatsApp. O caso ocorreu em Araxá, no Alto Paranaíba.

A ação policial ocorreu nessa quinta-feira na Praça Judith Teixeira Rocha, no Bairro Santa Rita. Durante o trabalho, os policiais receberam a informação de que um jovem estaria divulgado informações, áudio e uma foto dos policiais realizandoa blitz. O material foi compartilhado em um grupo do aplicativo.

O suspeito foi localizado durante um rastreamento e, segundo a PM, ele assumiu ter fotografado e postado a imagem da ação policial, e disse que criou o grupo somente para divulgar esse tipo de informação.

Ainda segundo a polícia, a outra jovem detida também divulgou informações sobre a blitz no mesmo grupo. Os dois foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Araxá.

Divulgar blitz é crime

A Polícia Militar de Araxá informa que espalhar avisos sobre blitzes é crime de atentado contra serviço de utilidade pública, tipificado no Art. 265 do Código Penal Brasileiro. A pena varia de um a cinco anos de prisão, além de multa. Os membros que atuam em páginas e grupos com o mesmo objetivo também podem responder pelo mesmo crime. (EM).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui