Dupla é presa suspeita de montar agência de veículos em João Monlevade para prática de crime

Os suspeitos montaram uma agência de veículos em João Monlevade para trocarem veículos legais por outros irregulares, sem que as vítimas soubessem

Outros quatro homens já haviam sido presos anteriormente

Nessa segunda-feira (30), policiais civis de Ipatinga realizaram a operação Pokémon 2, culminando nas prisões de Andrézio Juncá e Gilberto de Paula Júnior (conhecido como “Juninho Pokémon”), além da apreensão de oito automóveis.

Segundo informações apuradas, os autores, que já foram alvos de uma operação da Polícia Civil desencadeada em Ipatinga no ano de 2013, quando foram presas cinco pessoas e apreendidos 31 veículos, voltaram a estabelecer uma associação criminosa com o mesmo modo utilizado naquela época.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, os homens instavam agências de fachadas para trocarem veículos de boa procedência, por outros adquiridos mediante fraude, operação batizada pela polícia como “Pokémons, que gerava inúmeros prejuízos para suas vítimas.

Quando eles foram presos, na segunda-feira, estavam com uma agência recém inaugurada na Avenida Armando Fajardo, no Bairro Cruzeiro Celeste.

De acordo com a polícia, os dois estão presos em Ipatinga, onde devem permanecer até o julgamento.

*Com informações da Polícia Civil e do Portal Diário do Aço

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui