É possível prevenir dores e lesões ao invés de apenas tratar

Prevenção continua sendo a melhor maneira de cuidar da saúde, de acordo com a opinião de especialistas. Foto: Crédito: iStock

Ter uma vida saudável e feliz está nos planos de muitas pessoas. Para isso, é comum buscar uma dieta balanceada e a prática de atividades físicas, a fim de garantir um organismo mais forte e em pleno funcionamento.

No entanto, alguns exageros ou erros podem prejudicar esses planos. A dor musculoesquelética, por exemplo, pode afetar a qualidade de vida das pessoas de maneira significativa, sendo um dos principais motivos de afastamento de atividades, principalmente do trabalho, em todo o país.

Essas dores, que podem estar relacionadas a músculos, ossos, articulações, tendões e ligamentos, além de doenças e lesões, podem aparecer em pessoas sedentárias ou até mesmo atletas, independentemente de gênero e faixa etária. Nos casos mais graves, isso pode fazer com que a pessoa fique impossibilitada de praticar algumas de suas atividades preferidas.

Por isso, melhor do que tratar esses problemas quando aparecem é cuidar da prevenção.

Uma forma segura e eficiente de prevenção é buscando a ajuda de especialistas. Seja com nutricionistas, médicos ou quem tem formação na faculdade de educação física, esses profissionais podem indicar a melhor maneira de ter uma vida mais balanceada e evitar que esses problemas apareçam, trazendo graves prejuízos para a sua saúde.

Pesquisadores apontam que a atividade física feita adequadamente, com o acompanhamento de um profissional, pode ajudar na prevenção de doenças metabólicas e vasculares, além de LER e DORTS, ou as famosas tendinites, e outras lesões relacionadas ao esporte.

Segundo os estudos, não basta apenas se manter ativo. É necessário que os exercícios praticados sejam bem estruturados, seguindo os protocolos específicos, a fim de prevenir as lesões não traumáticas.

Não há um único modo de se prevenir

A indicação de procurar especialistas antes de começar uma rotina pesada de atividades físicas ou fazer grandes mudanças na sua alimentação ocorre porque não há uma única maneira de conseguir sucesso em seus objetivos. Afinal, diferentes organismos respondem de formas diversas aos mesmos estímulos e atividades.

Consultar um médico e procurar apoio de treinadores para criar as melhores formas de se exercitar, principalmente quando o objetivo é alcançar alto desempenho, pode ser a melhor forma de identificar possíveis fraquezas e não permitir que elas se desenvolvam a problemas graves de saúde, trazendo riscos que podem atrapalhar sua qualidade de vida.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui