#EleNão: mulheres saem às ruas em João Monlevade contra Bolsonaro

O movimento de mulheres contra Jair Bolsonaro, que ganhou as redes sociais após a criação de um grupo no Facebook que já conta com mais de 2 milhões de integrantes, sairá às ruas no Brasil e em algumas cidades pelo mundo no próximo sábado, 29, para manifestar repúdio ao candidato à Presidência pelo PSL.

Em João Monlevade, a manifestação está marcada para as 9h, na Praça Sete, em Carneirinhos. Organizadores conseguiram mobilizar em rede social cerca de 150 pessoas que aderiram à campanha.

A hashtag #EleNão usada pelo movimento ganhou apoio de artistas nacionais e internacionais, como Daniela Mercury, Anitta, Deborah Secco, MC Loma e a cantora inglesa Dua Lipa.

Um grupo de personalidades também se uniu para criar um manifesto contra o capitão da reserva. O documento “Pela democracia, pelo Brasil”, assinado por advogados, empresários, artistas e ativistas, não indica apoio a outras candidaturas, mas diz ser necessário se opor ao “projeto autocrático” do presidenciável do PSL.

Manifesto a favor

No último sábado (22), também em João Monlevade, apoiadores da candidatura a presidente do deputado federal carioca Jair Bolsonaro realizaram uma carreata na região central da cidade. Carros adesivados, bandeiras, buzinaço e palavras de ordem marcaram a ação.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui