O serviço de confecção de Carteira de Identidade realizado pela  Câmara de Vereadores de João Monlevade foi regularizado.  A informação é do presidente do Legislativo, vereador Leles Pontes (PRB).  Ele comentou sobre o assunto durante a reunião dessa quarta-feira (7),  na volta dos trabalhos da Casa.  Leles pontuou ajuda política para conseguir regularizar o convênio para a emissão dos documentos. O acordo, celebrado com a Polícia Civil, estava irregular desde o início do ano.

No final do mês de julho, antes do recesso parlamentar, o presidente da Câmara cogitou o fechamento do Posto de Identificação.  Na época, segundo Leles, sem o convênio regulamentado, seria impossível continuar mantendo os serviços.

O posto de identificação foi implantado na gestão do ex-presidente da Câmara, vereador Djalma Bastos (PSD).   A possibilidade da interrupção da emissão das Carteiras de Identidade gerou atrito entre o peesedebista e o atual presidente. Em reuniões passadas, Djalma chegou a pedir que Leles mais respeito com o dinheiro público, já que foram investidos mais de R$ 200 mil na compra de maquinário e adequação de infraestrutura  para implantação do Posto de Identificação na seda da Câmara.

Somente no primeiro semestre de 2019, foram emitidas 1.207 Carteiras de Identidade pelo Legislativo. O  serviço não é mais oferecido pela Polícia Civil de João Monlevade. Para ter o documento, é preciso agendamento telefônico. O número é o  (31) 3852 4454, no horário de 9h às 11h, ou até terminar as vagas para emissão dos documentos.

Publicidade

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui