Empresária denuncia ex por agressão e Justiça expede medida protetiva

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informou na tarde desta terça-feira (11) que expediu uma medida protetiva determinando que um homem de 39 anos se mantenha afastado por 100 metros da empresária de Itabira, Taty Monteiro. Além disso, o homem está proibido de manter qualquer contato com a ex sob pena de prisão.

A empresária denunciou o ex por agressões. O homem teria entrado, no último dia 6, no estúdio de beleza dela e desferido chutes e empurrões. O suspeito, à polícia, confirmou o ataque e disse que bateu na empresária durante uma discussão ocorrida entre o casal.

A Polícia Civil informou que vítima já foi ouvida no procedimento, restando as oitivas de testemunhas e conclusão do exame de corpo de delito.

As agressões deixaram marcadas pelo corpo da empresária, que depois de sair do hospital, publicou em redes sociais fotos (ao lado) dos machucados com pedido de justiça.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui