Empresário de Monlevade é investigado por fraudar venda de combustíveis

Um empresário de João Monlevade é investigado por fraudes na venda de combustíveis para uma prefeitura.  Segundo a Polícia Civil, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na casa dele, nesta sexta-feira (23), bem como em outros estabelecimentos comerciais. Conforme apurado, o crime não envolve nenhuma cidade do Médio Piracicaba.

A operação foi deflagrada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Promotoria de Justiça de Virginópolis, no Vale do Rio Doce.

Denominada  Empenho, a ação de investigação quer encontrar mais elementos de informação relacionados ao superfaturamento e/ou inserção de dados fictícios em notas de empenho emitidas pelo município em benefício de pessoas jurídicas, havendo, em tese, desvio de dinheiro público, enriquecimento ilícito, falsificação documental, fraude em licitações e organização criminosa. Os trabalhos contaram com o apoio das Polícias Civil e Militar de Minas Gerais.

Foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão nas cidades de Governador Valadares, Gonzaga, Divinolândia de Minas e João Monlevade, em Minas Gerais, e em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Um dos alvos, proprietária de uma das empresas envolvidas, estava na capital gaúcha. Os mandados foram cumpridos em endereços residenciais, incluindo as casas de dois ex-prefeitos (Gonzaga e Divinolândia), comerciais e na sede da Prefeitura Municipal de Gonzaga.

Uma pessoa foi presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. O prejuízo ao erário, segundo o MPMG, ainda é incalculável.

Apurações iniciais apontam que determinadas empresas celebram junto à municipalidade contratos relacionados à manutenção de veículos automotores; após, despesas exorbitantes são empenhadas, liquidadas e pagas em favor destas empresas, sem efetiva prestação de serviços ou fornecimento de produtos.

Em um dos casos analisados, constatou-se que a municipalidade gastou mais de seis vezes o valor de mercado, em um veículo, para sua manutenção em três anos consecutivos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui