Fruto do Programa Cultura Empreendedora da Rede Municipal de Ensino, projeto “Farmácia Viva na Escola” foi inscrito no edital Reconhecer em parceria com a Associação dos Agricultores Familiares de Santa Bárbara

A fim de atender a proposta do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG) no Programa Cultura Empreendedora, da Rede Municipal de Educação, a Escola Municipal Maria de Lourdes Pereira, em Florália, desenvolveu o projeto Farmácia Viva na Escola, premiado junto com outros 12, no edital Reconhecer, da Fundação Vale.

O resultado saiu no final de setembro e a premiação será na segunda quinzena de outubro, em Governador Valadares. Ao todo, foram 150 projetos concorrendo no edital.

O Projeto foi inscrito no edital, em parceria com a Associação dos Agricultores Familiares de Santa Bárbara (Afasb), com o nome Hortas de Plantas Medicinais como uma Opção de Renda para a População de Florália, e concorreu na categoria Geração de Trabalho e Renda.

Durante a execução desse Projeto, implantou-se o horto de plantas medicinas com o objetivo de difundir a fitoterapia, além de orientar a comunidade quanto ao uso correto das plantas. Foram produzidos pelos estudantes, gel, pomadas e xaropes a base de plantas do horto escolar.

Assim sendo, o Projeto foi estendido a comunidade numa compreensão que a educação empreendedora estimula o desenvolvimento econômico e social, contribuindo para a diminuição das desigualdades, gerando emprego e renda.

A premiação será de até R$30 mil. Esse aporte será gerido pela Escola Municipal Maria de Lourdes Pereira e a Afasb, a fim de continuar desenvolvendo o projeto com a comunidade.

Edital Reconhecer

A finalidade é selecionar e apoiar, com recursos financeiros de até R$30 mil, projetos voltados à Geração de Trabalho e Renda, Educação e Saúde para comunidades dos municípios abrangidos pelo edital.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui