O novo sistema passou a ser cobrado a partir de hoje (20)

Motoristas que foram de carro na área central da cidade devem ficar atentos com o novo sistema de estacionamento rotativo, implantado em João Monlevade, que passou a ser cobrado a partir desta segunda-feira (20).

Nossa reportagem passou pelas avenidas e ruas, onde foram criadas as vagas de estacionamento, e constatou que agora sobram vagas na área comercial. No entanto o problema migrou para ruas adjacentes onde, até na semana passada, não havia tantos veículos parados e agora estão lotadas de carros.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

Com dezenas de dúvidas e questionamentos, que ainda não foram respondidos nem pela Prefeitura e nem pela empresa TI Mob Soluções Tecnológicas, empresa responsável por gerir o sistema, o sistema entrou em vigor.

Durante uma audiência pública, realizada recentemente na Câmara Municipal, os próprios parlamentares demonstraram muitas dúvidas, assim como a população que compareceu no Legislativo.

Os vereadores chegaram a enviar ao chefe do Executivo, documento originado na reunião com 33 questionamentos e 11 sugestões de melhorias, todas elaboradas pelos vereadores e população presente à audiência, mas nenhuma delas até o momento foi atendida.

Dentre as dúvidas constam número total de vagas demarcadas, formas de adquirir os créditos para estacionar, número de monitores disponibilizados pela TI Mob Soluções Tecnológicas, tempo de carência disponibilizado ao motorista para adquirir créditos, previsão de arrecadação tanto da empresa quanto da Prefeitura, dentre outros. Entre as sugestões construídas em conjunto pela Câmara e população, está a melhor divulgação das informações para os cidadãos, uso da verba arrecadada para capacitar agentes de trânsito a prestar atendimento mais humanizado e readequação das vagas disponibilizadas a pessoas com dificuldade de locomoção e idosos.

Segundo informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura, o ofício com respostas sobre o funcionamento do sistema será remetido ao Legislativo, provavelmente, nesta segunda. Já as alterações ainda serão analisadas.

Câmara Municipal aprovou a implantação do novo rotativo, como forma de otimizar o trânsito na cidade. No entanto, a demarcação dos locais, bem como tempo de permanência na vaga e ainda o valor cobrado, principais pontos de questionamentos e insatisfação da população, foram determinados pelo prefeito, por meio de decreto.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui