A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) publicou nesta quarta-feira (4) resolução que destina recursos financeiros complementares, da ordem de R$ 640 mil, para apoio a 29 municípios para o controle do Aedes. Entre as cidades beneficiadas está Dionísio, que vai receber R$ 20 mil.

Os valores serão transferidos em parcela única, do Fundo Estadual de Saúde para o Fundo Municipal de Saúde e variam conforme a população de cada município, podendo ser de R$ 20 mil a 40 mil.

Segundo a coordenadora do Programa Estadual das Doenças Transmitidas pelo Aedes da SES-MG, Carolina Amaral, o incentivo financeiro complementar é devido à alta incidência de dengue, chikungunya e zika em algumas cidades.

Entre as atividades que poderão ser realizadas estão a contratação de agentes de controle de endemias, capacitações para profissionais na assistência hospitalar, confecção e reprodução de material gráfico informativo, aquisição de material de apoio para ações de mobilização, além de mutirões de limpeza de áreas prioritárias.

De janeiro até o momento, Minas Gerais registrou 20.381 casos prováveis de dengue e um óbito foi confirmado no município de Medina. Dez óbitos permanecem em investigação. Em relação à febre chikungunya, foram registrados em 2020, até o momento, 403 casos notificados. Já em relação à zika, foram registrados 130 casos prováveis, sendo 18 em gestantes.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui