Estado deve quase R$4 milhões ao Hospital Margarida

Hospital Margarida, em João Monlevade. Foto: Arquivo/O Popular
A Associação São Vicente de Paulo (ASVP), pela primeira vez, se pronuncia em relação aos valores devidos pelo Governo do Estado de Minas Gerais ao Hospital Margarida. De acordo com o presidente da entidade, mantenedora da casa de saúde em João Monlevade, José Roberto Fernandes, vários repasses do Sistema Único de Saúde (SUS), que deveriam ser pagos pelo Estado estão em atraso desde 2016. O total é de R$ 3.924.825,21. “Estamos perplexos com esse atraso, já que muitos desses recursos são para manutenção do hospital ou sobre atendimentos realizados à Polícia Militar e ao Ipsemg, o plano de saúde dos servidores públicos estaduais”, lamenta o provedor. O governo federal também está em débito com o Hospital Margarida de quase R$600 mil (R$ 559.999,96).
Para José Roberto, mesmo sem receber, o hospital não tem poupado esforços para manter tanto o pagamento do corpo clínico em dia quanto aos atendimentos do SUS, bem como a manutenção dos serviços prestados à população. “Graças a outros parceiros, como as prefeituras de João Monlevade, Bela vista de Minas, São Domingos do Prata e Nova Era, além da ajuda da população que doa através do troco solidário, entre outros tantos colaboradores, continuamos de portas abertas. Saúde é coisa séria e nós não podemos deixar as pessoas sem acesso a ela. Somos uma casa referência em urgência e emergência em toda a região e não podemos parar o atendimento”, disse.
A casa de saúde monlevadense aguarda o pronunciamento do Governo de Minas e do Governo Federal em relação ao pagamento da dívida e torce para que a situação seja solucionada o quanto antes.  O Hospital Margarida é referência de atendimento para os 17 municípios do Médio Piracicaba e um dos maiores prestadores do SUS (mais de 70% dos atendimentos) da região.
Confira os déficits do Estado com o Hospital:
IPSEMG – R$ 220.271,84
POLÍCIA MILITAR – R$ 32.650,70
REDE RESPOSTA
Junho – R$ 200.000,00
Julho – R$ 200.000,00
Parcela extra do rede resposta 2016 – resolução 5514  – R$ 800.000,00
Parcela extra do rede resposta 2017 – resolução 5975 – R$ 800.000,00
Parcela extra do rede resposta 2017 – resolução 5514  – R$ 560.000,00
PROHOSP
Restante da 3 parcela
R$ 152.780,77
Parcela extra resolução 5508
R$ 328.645,10
CUSTEIOS
Custeio resolução – 5952/2017
R$ 180.000,00
Custeio resolução – 5952/2017
R$ 180.000,00
RESOLUÇÕES
Diárias de CTI 50% RES. 5559
R$ 218.775.04
Diárias de CTI 50% RES. 5568
R$ 51.701,76
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui