Estragos das chuvas: sem abastecimento de água, Prefeitura de Monlevade constrói rede de emergência

Representantes da Prefeitura e do DNIT fizeram vistoria na Rua Bélgica, no Cruzeiro Celeste

A Prefeitura de João Monlevade, por meio do DAE (Departamento de Águas e Esgotos), está fazendo uma rede de urgência para garantir o abastecimento de água para a região do Cruzeiro Celeste, ABM e Palmares. Conforme o diretor do DAE, Cleres Roberto de Souza, “houve entupimento de canal e alagamento da Rua Bélgica, no Cruzeiro Celeste. Com isso, caiu um barranco e estourou a rede de água no local. Estamos criando uma rede de urgência, em área do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), com autorização do órgão, para garantir o reabastecimento de água o mais rápido possível. Nesse momento, pedimos à população que economize água”, disse Cleres.

Nesta segunda-feira, dia 2, o diretor do DAE, Cleres Roberto; o secretário de Obras, Damião Teodoro; o coordenador da Defesa Civil, Mário Napoleão, e o engenheiro do DNIT, Alexandre Oliveira, vistoriaram o local. O DNIT ficou de enviar uma equipe para ajudar na limpeza.

De acordo com o secretário de obras, Damião Teodoro, “três casas foram invadidas pela lama na Rua Bélgica. A Prefeitura está dando assistência a essas famílias. É importante que a população não jogue lixo e entulho próximo aos bueiros e córregos, para evitar entupimento das redes”, disse o secretário.

Sobre outros estragos ocasionados pela chuva no município, Damião Teodoro falou que “a chuva espalhou lama e lixo em vários pontos como na Rua do Andrade, no José Elói; Rua 2, no Boa Vista; entrada do bairro Santo Hipólito e José de Alencar. No bairro Nova Cachoeirinha, erosões danificaram rua. Na Rua Araxá, no bairro de Lourdes, um muro caiu. Já no Cidade Nova, caiu parte do cômodo de uma casa. Nossa equipe, junto à Defesa Civil, continua em alerta e fazendo vistorias pela cidade”, afirmou o secretário de obras.

A prefeita Simone Carvalho Moreira fez contato com o DNIT e enviou ofício ao órgão federal, requerendo, em caráter de urgência, vistoria técnica e todo apoio necessário para solução do problema ocorrido na faixa de domínio e de responsabilidade do Governo Federal.

Representantes da Prefeitura e do DNIT fizeram vistoria na Rua Bélgica, no Cruzeiro Celeste
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui