Faltam monitores para acompanhar crianças em escolas de Monlevade

Aulas estão suspensas (Foto Ilustração)

Em João Monlevade, ainda há crianças que aguardam em casa a contratação de monitores para que possam ir à escola. Esses alunos possuem algum tipo de necessidade especial e necessitam de acompanhamento de perto dos monitores. O presidente da Comissão de Educação da Câmara de João Monlevade, Leles Pontes (PRB) comentou sobre a questão durante a última reunião do Legislativo, na tarde dessa quarta-feira (7).

O parlamentar enfatizou que com a realização do concurso público municipal – no ano passado – 14 pessoas foram aprovadas no processo seletivo. No entanto, apenas cinco assumiram o cargo de monitoria. Com as outras vagas em aberto, a secretaria de Educação precisa contratar profissionais para a demanda. “A Prefeitura precisa de mais ou menos 30 profissionais porque tem criança que ainda não foi para a escola”, pontuou Leles.

Por conta da falta de monitores, a administração municipal encaminhou para Câmara de Vereadores projeto de lei que prevê a ampliação do número de vagas para os acompanhantes. A matéria tramita no Legislativo e precisa passar por comissões temáticas antes de seguir para votação em Plenário.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui