Edital do Cultura Todo Dia receberá aporte maior nos três próximos meses para contratação de artistas itabiranos

A Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) fortalecerá o setor cultural itabirano por meio do edital “Cultura Todo Dia”. Diante das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o segmento cultural foi o primeiro a paralisar as atividades e, em Itabira, não foi diferente. Por isso, a Fundação intensificará a contratação de artistas a partir de maio, proporcionando mais renda aos artistas de diversas vertentes na cidade.

A FCCDA buscou, neste período, impulsionar as artes de forma plural e dentro do contexto do empreendimento, entendendo os segmentos culturais como um todo. O edital “Cultura Todo Dia” tem como objetivo o credenciamento de artistas e profissionais de arte e cultura em todas as suas manifestações e linguagens, além de fazer fruir as atividades artísticas culturais da cidade, incentivando, valorizando e difundindo as manifestações. O edital foi publicado em março deste ano e encontra-se aberto ao longo de 2021, com um formulário simples para inscrição, manual de instruções e tutorial em vídeo para o preenchimento das propostas.

Durante três meses, a FCCDA vai contratar artistas itabiranos, inclusive para o Festival de Inverno do município. De acordo com o superintendente da Fundação, Marcos Alcântara, a estratégia do edital é de oportunizar a participação de todos, por meio do cumprimento dos critérios estabelecidos pelas leis. O processo adotado para o aquecimento do setor neste período pandêmico é o de credenciamento, pois não será necessário o envio de novos documentos na fase de contratação. Para o superintendente, este processo é “muito mais fácil, pois ao credenciar, será necessário enviar as documentações apenas uma vez”.

A FCCDA, mediante os limites orçamentários e financeiros, buscará atender o máximo possível das propostas recebidas. No entanto, no primeiro momento a atuação será na estratégia de oportunizar a todos a participação no edital. “Nos casos em que os recursos orçamentários e financeiros permitirem, durante esses 90 dias de aquecimento, oportunizaremos novas contrações”, ressaltou Marcos Alcântara.

O superintendente da FCCDA, Marcos Alcântara, afirma que o aporte financeiro será para atividades culturais, incluindo a contratação dos artistas e também recursos para contratações técnicas, como som, luz, fotografias, vídeos, dentre outras necessidades para a entrega do produto cultural. Depois de finalizado, o material será inserido dentro da agenda mensal das atividades da FCCDA.

“O edital promoverá ações que vão muito além de um auxílio para o setor. O ponto principal dessa ação, que foi desenvolvida com participação do segmento cultural, poderes Executivo e Legislativo, foi realmente a necessidade do aquecimento do setor, entendendo que não é meramente uma necessidade social, mas sim de valorização e preservação das diversas manifestações culturais”, explicou.

 Minimizar os impactos 

O investimento para contratação e fomento de apresentações culturais é mais uma ação do governo municipal para minimizar os impactos da pandemia. O pacote ainda inclui projetos nas áreas social e econômica.

Na assistência social, o município intensificou a adesão ao cartão-alimentação e dá continuidade à Moeda Social Digital. O benefício, direcionado à população que vive em situação de pobreza ou extrema pobreza, já foi aprovado pela Câmara de Vereadores e deverá ser sancionado pelo prefeito Marco Antônio Lage nos próximos dias.

Já na área econômica, a Prefeitura adiou o pagamento de impostos, como o IPTU, e de taxas. Em breve, também deverão ser encaminhados para a Câmara os projetos que tratam do refinanciamento de dívidas municipais e do fundo de auxílio aos micro e pequenos empresários, no valor de R$ 12 milhões.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui