Camerata Acordes é uma das atrações do Festival de Inverno em João Monlevade

O Festival de Inverno de João Monlevade – Fórum das Artes 2018 tem vasta programação. O evento também ocorre simultaneamente nas cidades de Ouro Preto e Mariana e é uma realização da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), em parceria com a Fundação Educativa Ouro Preto (Feop) e as Prefeituras dos três municípios.

Em João Monlevade as atrações são gratuitas e ocorrem do dia 9 ao dia 14 de julho com shows, concertos, apresentações de dança e teatro, exposições, intervenções urbanas, mesas de debate, oficinas e muito mais.

A abertura do Festival é às 18h, do dia 9 de julho, no Auditório ICEA. No local tem apresentação do músico Júlio César Linhares da Silva, intervenção Tropicália com grupo de alunos da Ufop e show musical Tropicália com Rômulo Ras e participação de Carla Lisboa.
No dia 11, a partir das 19h, as atrações são concentradas no auditório do Sicoob. Daniel Bahia, Carla Lisboa, Aggeu Marques participam de um bate papo com a temática “Três vidas artísticas em João Monlevade”. Após, apresentação do Coral Sicoob Credimepi e da Família Alcântara Coral.

No dia 12 tem apresentação de dança dos alunos da Rose Machado, a partir das 18h20, na Praça do Povo. No mesmo local sobem ao palco o Camerata Acordes com apresentação “Um passeio com o Beatles”, banda Carcará e o Forró do Frade. Na sexta-feira, dia 13, às 19h, também na praça do Povo, show com a Banda Ultra Vox, Rap com Reino Fungi e banda Seu Juvenal.

No dia seguinte, fechando a programação, as atividades começam às 10h, na Praça Domingos Silvério, com intervenção de teatro: Deixa o movimento te levar, do Grupo Cia Os Issos. Ao meio dia, Piquenique Acordar Cultural com apresentação artística, troca de livros e brincadeiras , na Praça da Prefeitura. Sem seguida, Declame no Gramado do grupo Coletivo DBR. A partir das 17h30, na praça do Povo, apresentação da Associação Atlética UFOP, show de Talentos: Projeto do programa de extensão Cultura e Resistência e apresentação de Silvia Gomes e Celso Moreira.

Neste ano, o Festival de Inverno apresenta uma homenagem ao Tropicalismo, movimento de inovação estética e musical que sacudiu o ambiente da cultura popular brasileira, entre 1967 e 1968. Seus participantes formaram um grande coletivo, com destaque para os cantores-compositores Caetano Veloso e Gilberto Gil, além das participações da cantora Gal Costa, do cantor-compositor Tom Zé e da banda Mutantes. A cantora Nara Leão e os letristas José Carlos Capinan e Torquato Neto completaram o grupo, que teve também o artista gráfico, compositor e poeta Rogério Duarte como um de seus principais mentores intelectuais.

Programação completa aqui.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui