Fiocruz inaugura unidade que vai processar até 15 mil testes de Covid-19 por dia

Covid-19: Fiocruz amplia capacidade nacional de testagem (Itamar Crispim/Fiocruz)

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, participou nesta segunda-feira (10) da cerimônia que marcou o início das operações na Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19, na sede da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), na zona norte do Rio de Janeiro.

A unidade vai ampliar a capacidade nacional de processamento de testes para detecção do novo coronavírus, podendo liberar até 15 mil resultados por dia.

O ministro afirmou que o empenho no combate ao coronavírus faz parte de um esforço de guerra. Eduardo Pazuello ressaltou que a iniciativa da Fiocruz permitirá compreender melhor a curva de contágio.

Pazuello também lamentou, pela primeira vez desde o país bater a marca, as mais de 100 mil mortes por covid-19 e, nesse sentido, defendeu o tratamento precoce para impedir a escalada da doença.

A Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19 integra a mobilização da Fiocruz em resposta à pandemia e faz parte da estratégia nacional para aumentar a capacidade de realização de exames para o Sars-CoV-2, em tempo reduzido.

A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, destacou a importância da testagem em massa e reforçou o compromisso da instituição com a saúde pública.

Segundo a Fiocruz, as plataformas implantadas vão reproduzir os procedimentos já estabelecidos pelos Laboratórios Centrais de Saúde Pública, garantindo as condições de qualidade e biossegurança do ambiente e para os colaboradores. A estrutura e equipamentos foram financiados pela iniciativa Todos pela Saúde, projeto liderado pelo Banco Itaú para ajudar o combate à pandemia no Brasil, com a colaboração de vários setores, além do Ministério da Saúde.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui