Fiscais apreendem propagandas perto de seções eleitorais

Diversos santinhos de um candidato ao cargo de deputado estadual espalhados foram espalhados perto da Escola Estadual Luiz Prisco de Braga (Bell Silva)

Fiscais do Cartório Eleitoral de João Monlevade apreenderam na manhã deste domingo (7) propagandas irregulares de candidatos perto de seções eleitorais. Num dos atos flagrados, foram encontrados diversos santinhos de um candidato ao cargo de deputado estadual espalhados perto da Escola Estadual Luiz Prisco de Braga, no bairro de Lourdes. O local é ponto de  votação.

Outro flagra refere-se a um veículo estacionado, também com propaganda de candidato, em frente a seção eleitoral do Colégio Kennedy, no bairro Nossa Senhora da Conceição. Os fiscais vão lavrar os autos de infrações e os candidatos podem responder por crime eleitoral, além de pagar multa.

A Justiça eleitoral adverte que nos locais de votação, o eleitor que fizer propaganda poderá ser acusado de praticar boca de urna. Quem desrespeitar as regras estará cometendo crime eleitoral e poderá até ser preso em flagrante. A pena varia de seis meses a um ano de prisão. A lei prevê ainda a prestação de serviços à comunidade, além do pagamento de multa, de R$ 5 mil a quase R$ 16 mil.

Leia também:

João Monlevade já tem urna substituída

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui