Funcionário da Câmara invade estacionamento da PM e é preso

Quartel da Polícia Militar fica no bairro Belmonte, em João Monlevade

Um funcionário da Câmara Municipal de João Monlevade, de 38 anos, foi preso depois de invadir o estacionamento do quartel da Polícia Militar da cidade na madrugada desta segunda-feira (19). Consta no Boletim de Ocorrências registrado pela PM que por volta das 2h52, o militar que estava na sala de operações da unidade, viu por meio de imagens do sistema de monitoramento que um veículo C4 Pallas entrou no estacionamento em uma das vagas e o condutor não saiu do carro.

Militares foram até o veículo e ao ser dada ordem para que o motorista sair do carro, ele desobedeceu e tentou dar a partida e efetuar várias manobras para evitar a abordagem, quase colidindo em outros carros estacionados. Consta também no Boletim que os policiais tiveram que repetir várias vezes a ordem, até que o condutor desistisse de manobrar o veículo.

O funcionário da Câmara desceu do carro, se identificou e alegou não saber o motivo que o levou a estar no estacionamento privativo da Polícia Militar. Segundo informações da Ocorrência Policial, ele apresentava forte hálito etílico, dificuldade para falar e até mesmo ficar de pé, estando aparentemente embriagado.

Para a polícia, o homem disse que saiu de casa, parou em alguns bares pela cidade onde bebeu cervejas e posteriormente decidiu dar uma volta chegando até o quartel da PM. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro.

Em consulta ao sistema, os militares constataram que o motorista não possui Carteira de Habilitação e nem Permissão para Dirigir. Ele também não portava documentos. O carro foi liberado para uma testemunha habilitada. O funcionário da Câmara de Vereadores foi preso em flagrante por crime de trânsito.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui