Funcionário é preso acusado de vender bebida acoólica para menor

Bares incitaram aglomeração de público (Ilustração)

Um homem de 32 anos foi preso por policiais militares acusado de ter vendido bebida alcoólica para três adolescentes, sendo que um deles acabou entrando em coma alcoólico. O fato aconteceu na tarde de segunda-feira, 18, na cidade de Itambé do Mato Dentro.

De acordo com a Polícia Militar, a guarnição de serviço recebeu uma informação de que um adolescente estava no posto de saúde da cidade sendo medicado devido ter dado entrada na unidade em coma alcoólico. Os militares, durante diligências, conseguiram identificar que os adolescentes haviam adquirido a bebida alcoólica em um supermercado.

Segundo os policiais, o funcionário do estabelecimento foi identificado e disse que realmente havia vendido uma garrafa de Vodka para uma pessoa, mas que não tinha conhecimento que se tratava de um menor de idade, até mesmo pelo seu porte físico. Disse ainda que no momento da venda haviam várias pessoas no local e que devido ao baixo número de funcionários, não conseguiu prestar atenção a ponto de perceber que se tratava de um adolescente.

O funcionário foi preso e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil em Itabira, onde foi apresentado ao delegado de plantão para prestar depoimentos. O adolescente após receber soro e glicose pela veia foi liberado da unidade de saúde.

Fonte: Atila Lemos

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui