Gambá deixa PA no escuro e exames são suspensos

Gambá entrou em sala onde ficam transformadores e causou curto-circuito

Na manhã desta quarta-feira (29), quem procurou o Pronto Atendimento de João Monlevade (PA) para a realização de algum exame foi surpreendido pela falta de energia elétrica no prédio e precisou voltar para casa. A falta de luz foi ocasionada por curto-circuito nos transformadores da unidade de saúde, provocada por um gambá. O animal entrou na sala onde ficam os equipamentos e provocou o curto quando passou entre as duas fases de energia.

Os 15 exames de ultrassons que seriam realizados foram remarcados para o dia seguinte. As mamografias também serão novamente agendadas. Já os exames de raio-x foram transferidos para o Hospital Margarida. No entanto, a unidade de saúde usa duas máquinas para fazer o procedimento e uma delas está queimada. Com o acúmulo de pacientes, os atendimentos no hospital podem ficar sobrecarregados.

Os demais exames (sangue, urina e fezes), que tem média de 100 coletas por dia, foram suspensos e os usuários devem retornar ao PA na quinta-feira. As informações foram repassadas à reportagem pelo vereador Belmar Diniz (PT), que esteve no Pronto Atendimento nessa manhã.

Gerador destruído por vândalos

O PA possui um gerador que é acionado na falta de energia elétrica. No entanto, o equipamento não está funcionando porque os cabos dele foram furtados há um mês. Um engenheiro da Prefeitura de João Monlevade elaborou projeto para que outras ações do tipo não sejam recorrentes.

O vereador Belmar Diniz contou à reportagem que o gerador foi alvo de vândalos que danificaram tanto a parte externa quanto a interna do equipamento. O parlamentar, na gestão passada, criticou o abandono do prédio do PA. “É um desleixo o que está sendo feito com o PA. O paliativo que usaram lá é fechar com grandes os setores que denunciei. Esse ensaio que se faz com o gerador deveria ser feito duas vezes por semana, porque o aparelho parado pode danificar se não colocado para funcionar. A segurança no local também deveria ser reforçada, já que estão furtando materiais”, sugeriu o vereador.

A Cemig foi acionada devido ao curto que também afetou a parte externa, que fica nos postes. A Concessionária vai verificar a rede, o que deve reestabelecer a energia no local para que os serviços sejam retomados. Além dos exames, também funciona no prédio do PA a Secretaria de Saúde.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui