Garimpeiros são detidos pela Polícia durante extração ilegal no Rio Santa Bárbara

 

Militares do 4º Pelotão de Meio Ambiente de Itabira, em combate a exploração ilegal de minerais na região, apreendeu e destruiu dragas que estavam, trabalhando sem autorização no Rio Santa Bárbara, nas divisas de João Monlevade, São Gonçalo e Itabira.

A ocorrência foi registrada na manhã de ontem (12).

Denúncias davam conta de que garimpeiros estariam explorando ao longo do Rio Santa Bárbara, dentro da reserva legal do Projeto Morro do Chapéu.

Militares foram ao local, mas ninguém foi encontrado no acampamento montado às margens do rio. Um garimpeiro, que estava em uma draga, ao perceber a presença policial pulou no rio e nadou até a outra margem e fugiu em meio a mata.

Como os equipamentos não puderam ser removidos do local, eles foram destruídos para impedir a volta da operação ilegal.

Alguns quilômetros rio abaixo, outra draga foi localizada pelas equipes da polícia. Três garimpeiros que trabalhavam no local foram abordados e todos os equipamentos utilizados por eles, avaliados em cerca de R$ 20 mil, foram apreendidos.

Os homens receberam voz de prisão em flagrante e foram levados para a Delegacia da Polícia Civil onde assinaram os Termos Circunstanciais de Ocorrência (TCO) e foram liberados.

Segundo a Polícia Militar foram confeccionados vários autos de infração, e as multas podem chegar a R$30 mil.

 

Fotos: Divulgação/PM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui