Foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (28) portaria autorizando a contratação, de forma temporária, de mais de 8.230 servidores para atuarem no INSS e no Ministério da Economia.

As vagas são destinadas aos aposentados pelo Regime Próprio da Previdência Social e aos militares inativos, que estão na reserva.

Os convocados devem atuar em atividades de apoio e análise das secretarias de Previdência, e de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia, bem como no INSS, o Instituto Nacional de Seguridade Social.

Anúncios

Das mais de 8.230 vagas temporárias, 7.400 são para atuar no atendimento e serviços administrativos do INSS. Há ainda vagas para perícia médica e concessão e revisão de benefícios. Nesses casos, o número de contratos temporários vai depender do orçamento.

Os órgãos têm até seis meses para publicar o chamamento público para as vagas temporárias. A medida quer reforçar o pessoal do INSS e reduzir a fila para a concessão dos benefícios. Em entrevista ao jornal Valor Econômico há duas semanas, o presidente do INSS, Leonardo Rolim, estimava em um milhão e seiscentos mil o número de pedidos de benefícios e aposentadorias em espera para análise.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui