A greve dos caminhoneiros, que completa oito dias nesta segunda-feira (28) não prejudica os atendimentos no Hospital Margarida, em João Monlevade. A unidade de saúde é referência para cidades da região e, segundo o seu provedor, José Roberto Fernandes, não registrou anormalidades nesse período da mobilização.

“Está tudo sob controle. O Hospital Margarida está bem planejado e estamos conseguindo, dentro do possível para manter os serviços. Hoje [segunda-feira, 28] pela manhã tivemos um pouco de dificuldade em relação ao horário de ônibus para os funcionários. Mas tudo já está regularizado. Na troca do plantão também registramos um pequeno desconforto. Todos estão cooperando [funcionários, médicos] e por enquanto não tivemos nenhuma perca ou prejuízo. Estamos trabalhando intensivamente para que isso não aconteça!, disse o provedor.

Leia também:

 

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui